Compartilhe!

A Microsoft tem se esforçado bastante para consolidar seu sistema operacional no mercado mobile, se tornando também uma empresa de hardware, com a compra da divisão de dispositivos e serviços da Nokia em 2013, e com o lançamentos de smartphones da linha Lumia. Anunciado no início do ano passado na Mobile World Congress, o Lumia 640 XL busca competir com modelos intermediários rodando Android, como o Moto G, da Motorola.

O smartphone aposta na tela de tamanho avantajado, com 5,7 polegadas, fazendo jus ao nome “XL” (Extra Large). Além da tela, o XL promete excelente desempenho de bateria, com 3.000 mAh, e fotos e vídeos de altíssima qualidade com sua câmera traseira Zeiss, de 13 megapixels.

Confira nosso review e saiba se vale a pena investir nesse dispositivo!

Especificações:

  • Tela de 5,7 polegadas com resolução 1280×720 pixels;
  • 1GB de RAM;
  • 8GB de armazenamento interno com entrada para cartão micro SD de até 128GB;
  • Processador Qualcomm Snapdragon 400 Cortex-A7 quad-core de 1,2 GHz;
  • Câmera frontal de 5 megapixels e traseira de 13 megapixels;
  • Windows Phone 8.1 Update 2 – a atualização para o Windows 10 Mobile já está disponível!;
  • Conexões Wi-fi, Bluetooth 4.0, NFC, 3G e 4G;
  • Bateria de 3.000 mAh.

Design

O design do Lumia 640 XL não traz novidades se comparado a modelos anteriores da linha Lumia, agora da Microsoft. O smartphone segue o modelo do Lumia 630, com acabamento em plástico firme, com bordas arredondadas e tampa traseira removível. A textura do plástico não incomoda na pegada e é de fácil remoção.

A começar pela parte lateral direita do dispositivo, há os clássicos botões de energia e de volume, localizados em um ponto estratégico para o alcanço dos dedos. Na parte de baixo, apenas a entrada para o carregador e cabo USB, no padrão Micro-USB-B, esse último não vem na caixa do Lumia 640 XL. Já na parte superior, há entrada para fones de ouvido, também não disponibilizados pela empresa na caixa do smartphone.

Lumia 640 Xl - Blog Nerd e Geek

A parte frontal do Lumia 640 XL, também segue o padrão de smartphones anteriores. Não há botões físicos (voltar, tecla windows e pesquisa) e o logo da Microsoft se localiza na parte superior, sendo discreto e não atrapalhando nessa “limpeza” que o design frontal do dispositivo oferece. Ainda na parte superior, há sensores (de luz ambiente e proximidade), um alto falante para ligações e a câmera frontal full-HD de 5 megapixels. Na parte inferior do XL, há um discreto microfone.

Seguindo para a parte traseira, o visual continua sendo bonito e discreto. Há a presença do logo da Microsoft juntamente com o logo da Zeiss, responsável pela câmera, um flash LED, um alto-falante e, finalmente, a câmera de 13 MP, que é levemente saltada para fora da carcaça do dispositivo- nada muito exagerado.

As entradas para os dois cartões SIM do smartphone e para cartão de memória micro-sd, estão localizadas na parte de dentro e é necessário remover a bateria para ter acesso a elas.

De modo geral, o Lumia 640 XL possui um design bonito e agradável, mas deixa a desejar no quesito pegada. Mesmo que o usuário esteja acostumado com um smartphone grande, o XL ainda assim pode ser um pouco desconfortável para carregar no bolso ou na mão, para jogar por muito tempo e, até mesmo, para segurar durante ligações. Afinal, o smartphone possui 157,9 mm de altura, 81,5 mm de largura e 9 mm de espessura, realmente faz jus ao nome XL. Mas claro, tudo isso pode ser amenizado com costume.

No item peso, o 640 XL pode até parecer uma “tábua de carne” em forma de celular, mas é aí que nos enganamos, pois pelo seu tamanho, 171 gramas é bem menos do que o esperado e não chega a incomodar.

Tela

Algo que chama atenção no Lumia 640 XL é sua tela de 5,7 polegadas, perfeita para visualização de fotos e vídeos. A tela do smartphone possui proteção Corning Gorilla Glass 3, resolução de 1280×720 pixels e conta com tecnologia IPS LCD, com cores bonitas e vívidas.

Apesar de sua tela gigante, o 640 XL não tem resolução full-HD, como já mencionado acima. Isso pode decepcionar um pouco, pois uma tela de resolução 1080p faria muito mais sentido. Apesar disso, o dispositivo não deixa a desejar na exibição de conteúdo, sendo praticamente impossível enxergar pixels na tela sem uma aproximação razoável. Cores e brilho também merecem uma boa nota, apenas apresentando alguns problemas com cor preta, que não aparenta ser tão vívida como as outras devido a sua tela de LCD.

Lumia 640 XL tela - Blog Nerd e Geek

Vale destacar a presença doo recurso Glance Screen, de versões anteriores da linha Lumia, no 640 XL. O recurso apresenta informações como horas e notificações na tela do dispositivo, enquanto desligada. A função é original de smartphones com tela AMOLED, o que não é o caso do dispositivo que estamos analisando. Sendo assim, o recurso Glance ativa toda a tela do celular para funcionar, mas em baixo nível de brilho. Para os que desejam economizar bateria, mesmo com um consumo mínimo, é possível desativar ou alterar o intervalo de tempo em que o Glance irá atuar.

No geral, a tela do Lumia 640 XL é de boa qualidade, mas poderia ser melhor ao compararmos com outros smartphones na mesma faixa de preço e especificações.

Câmera

Chegamos a um quesito importante e de destaque do Lumia 640 XL: sua câmeras. A traseira, de 13 megapixels, possui lente Zeiss, foco automático, abertura de f/2.0 e é equipada com um flash LED, para ajudar na captura de imagens com pouca luz ambiente. Já a câmera frontal, é perfeita para selfies, de acordo com a Microsoft. A câmera é grande-angular full HD de 5 MP, capturando imagens e vídeos de boa qualidade e oferecendo um bom resultado em vídeo chamadas.

A qualidade da câmera traseira de 13 megapixels não decepciona. A câmera não é a melhor no mercado nem mesmo a melhor da linha Lumia, famosa no mercado mobile por trazer boa qualidade de imagens e vídeo, mas apresenta resultados que surpreendem e que, com certeza, agradam desde o consumidor um pouco mais exigente ao que não se importa muito com esse quesito.

As imagens apresentam boa fidelidade de cores, brilho, baixo nível de ruído e recursos que ajudam o usuário a melhor suas fotos após capturadas, como o rich-capture. No entanto, fotos capturadas em ambientes com baixa iluminação, apresentam um razoável nível de ruído, sendo necessário o uso do flash para fotos melhores e para conseguir focar. Ainda assim, fotos com ou sem flash oferecem um resultado cabível ao dispositivo.

Ainda se tratando de câmera, mas agora sobre a qualidade de vídeo das câmeras do Lumia 640 XL, o smartphone apesenta bom desempenho. A câmera de 13 MP grava em 1080p e oferece boa qualidade de gravação de vídeo combinada com boa qualidade de gravação de áudio. As imagens são claras e com poucas variações de cores, sendo possível focar manualmente durante a gravação.

Confira um pequeno teste de gravação com a câmera traseira do smartphone:

Vale destacar que o Windows Phone/Windows Mobile vem com o aplicativo Lumia Camera (agora Microsoft Câmera, no Windows 10), como app padrão de câmera do sistema. O aplicativo oferece funções extras como o já citado rich-capture, lentes e o photo burst.

Microsoft Câmera

Configurações manuais no aplicativo Câmera

Com o app também é possível tirar fotos no modo manual, sendo possível alterar ISO, velocidade do obturador, balanço de branco e algumas outros.

Bateria

Ao que se diz respeito ao desempenho da bateria, o Lumia 640 XL realmente é um smartphone para o dia todo.

Em nossos testes, ao utilizar o 640 XL com brilho no automático e Wi-fi e 3G funcionando quase o tempo todo para checar redes sociais, tirar fotos, ouvir música e fazer ligações, o dispositivo foi capaz de chegar ao fim do dia ainda com energia restante. É bom lembrar que tais atividades se encaixariam em um “uso moderado”.

O smartphone, apesar de não te deixar na mão quanto ao requisito bateria, poderia ser ainda melhor, tendo em vista o preço e que sua bateria removível é de 3.000 mAh. Funções como o modo economia de energia, disponível tanto no Windows Phone 8.1 quanto no Windows 10 Mobile, com toda certeza auxiliam para segurar a energia do telefone por mais tempo.

Desempenho

O Lumia 640 XL é realmente um smartphone grande, o que não pode ser confundido pelos mais “leigos” como sinônimo de “poderoso”. Dito isso, já fica claro que esperávamos mais do hardware do dispositivo.

O smartphone possui 1GB de RAM e processador Qualcomm Snapdragon 400 Cortex-A7 quad-core de 1,2 GHz, como já mencionado na listagem de especificações. Tais configurações podem até ser vistas como “pobres” para aqueles fissurados em hardware, mas sabemos que o sistema mobile da Microsoft se comporta bem com configurações não tão altas. Mas, mesmo assim, o dispositivo fica devendo quanto o assunto é desempenho.

Aplicações leves e apps geralmente usados por todo tipo de usuário, como Facebook, WhatsApp, Twitter e apps do Office, se comportam bem, com exceção das constantes telas de “carregando” no sistema (Windows Phone 8.1 e Windows 10). Já aplicações mais pesadas como jogos e aplicativos de edição de imagens (Photoshop Express, por exemplo), sofrem com alguns travamentos e lentidão ao executar algumas tarefas.

De modo geral, o Lumia 640 XL possui bom desempenho, porém a sensação que fica é que poderia ser melhor. É claro que devemos estar cientes de que o smartphone não é um top de linha.

Sistema

De fábrica o 640 XL vem com o Windows Phone 8.1 (Update 2), mas a atualização para o Windows 10 Mobile já está disponível e pode ser feita utilizando o aplicativo “Supervisor de Atualização”, disponível na loja do sistema.

A nova versão do sistema trouxe diversas novidades para a interface do sistema mobile da Microsoft. As novidades da atualização foram bem aceitas pelos usuários, a começar pelas novas opções de personalização, como mais cores e a opção de escolher uma imagem de fundo para a tela inicial do sistema. A barra de notificações e ações (onde se encontram as opções de ligar e desligar Wi-fi, 3G, lanterna e GPS, além de controle de brilho e outras opções) também foi atualizada e está muito mais funcional.

Windows Phone - Screenshots

Além das atualizações visuais, o sistema está mais rápido e também recebeu novos aplicativos de e-mail e calendário (Outlook Mail e Calendário), um novo aplicativo de música (Groove), um aplicativo de câmera, um aplicativo de Mapas e novos aplicativos de Notícias e Clima, todos universais.

O Windows 10 Mobile foi um excelente update para o Lumia 640 XL, propiciando ao smartphone um visual mais limpo do que a versão anterior, além é claro dos novos recursos. A combinação de um dispositivo 100% Microsoft com uma nova versão do sistema, também em um ponto positivo para o 640 XL.

Conclusão

Os destaques do Lumia 640 XL sem dúvida são sua boa qualidade de câmera, tela “extra grande” (de 5,7′), bateria com boa durabilidade e o fato de ser um smartphone inserido completamente no ecossistema Microsoft. Se o que você procura é um celular que ofereça as opções já mencionadas e realmente não se preocupa com o tamanho avantajado e até desconfortável da tela, além de não se importar com especificações de hardware não tão altas, o XL pode ser uma boa escolha.

A atualização para o Windows 10 com certeza é uma das vantagens de adquirir esse Lumia, dentre as diversas opções, incluindo seu “irmão menor”, o Lumia 640. O preço, no entanto, é um pouco alto – o smartphone chegou no mercado pelo valor de R$999, mas hoje pode ser encontrado por R$800.

Review: Lumia 640 XL
Câmera excelenteBateria que dura o dia todoDispositivo 100% Microsoft
Pouco espaço de armazenamento internoSmartphone desconfortável para segurar e carregar no bolso
8.1Pontuação geral
Design8.4
Tela7.5
Câmera8.7
Bateria9.2
Desempenho6.3
Sistema8.3
  • rodolfo gutman

    Olá, achei o seu blog através da busca do google sobre o Lumia 640 xl e pude sanar algumas dúvidas quanto ao windows 10 no aparelho. Ótimo review!