Compartilhe!

Amazon, Cisco, Google, Intel, Microsoft, Mozilla e Netflix anunciaram nesta terça-feira (1/09) a formação do Allian for Open Media, um novo formato de vídeo open source, ou seja, tecnologia aberta. Esse projeto tem como objetivo desenvolver a próxima geração de formatos de vídeo livre de royalties, codecs e outras tecnologias relacionadas.

As empresas tentarão desenvolver um novo formato que possua alta qualidade de vídeo e áudio e, também, que seja transmitido para qualquer dispositivo com qualquer configuração, do mais fraco ao mais potente, e de forma mais ágil. Além disso, o formato de vídeo poderá ser transmitido em qualquer largura de banda.

Os membros do grupo argumentam que este tipo de aliança é necessária para criar um novo padrão de vídeo interoperável que funcionará através de fornecedores e plataformas. Desde desenvolvedores de softwares e hardwares como Intel, Microsoft e Cisco a desenvolvedores de serviços conectados como plataformas de vídeo e navegadoras, Mozilla e Google, assim como produtoras e distribuidoras de conteúdo, como Amazon e Netflix.

Como destacou a Mozilla, parte da razão para a formação dessa aliança não é apenas para compartilhar a tecnologia, mas também para “executar o tipo de análises necessárias para construir um codec de vídeo de próxima geração livre de royalties de patentes.”

O grupo planeja publicar seu código sob a licença Apache 2.0 e irá operar sob regras de patentes do W3C, ou seja, os membros renunciarão royalties das implementações do codec e suas patentes no próprio codec.

Gabe Frost, diretor executivo da Alliance for Open Media afirmou que: “A expectativa dos consumidores para a entrega de vídeo continua a crescer, e corresponder à expectativa deles requer a energia concentrada de um ecossistema inteiro”.

Via Techcrunch