Compartilhe!

Quando um novo show vai ao ar na TV, existe muita pressão em cima do piloto para que o mesmo tenha um bom desempenho a fim de conseguir que o público fique ligado na série. Um novo estudo da Netflix, no entanto, sugere que o piloto pode não ser tão importante quanto as pessoas pensam.

A Netflix analisou 25 shows, e considerou os usuários “viciados” na série quando 70% dos telespectadores terminaram a temporada depois de assistir a um certo episódio. Nem um único show conseguiu deixar os usuários viciados na série logo após o primeiro episódio, a média foi de cerca de quatro episódios depois do piloto.

“Você sabe quando foi fisgado? A Netflix sabe.”

Imagem: Consumerist

Imagem: Consumerist

Claro que, para as redes de TV tradicionais, os pilots tem um pouco mais de peso. Se o piloto não for interessante de alguma forma, as chances de que você queira assistir ao show na próxima semana são pequenas.

Mas para a Netflix, onde os shows têm temporadas inteiras liberadas de uma só vez, fica mais fácil para os criadores das séries exercitarem sua criatividade na forma como a história se desenvolve. Como os telespectadores são mais propensos a assistir a dois ou mais episódios quando eles estão todos disponíveis on-line, os diretores não são obrigados a montar reviravoltas emocionantes ou mistérios logo no primeiro episódio, em vez disso eles podem levar mais algum tempo para desenvolver os personagens.

Dito isto, existem algumas ressalvas. O estudo não leva em conta o comprimento de uma série, no entanto. Por exemplo, tanto “Kimmy Schmidt” quanto “Better Call Saul” viciaram seus telespectadores no episódio quatro, mas a primeira série tem episódios de 22 minutos, enquanto a última tem episódios de cerva de 45 minutos. Essa pesquisa também não dá qualquer indicação sobre quais elementos do enredo seduzem os espectadores, somente quando eles são seduzidos.

O estudo incluiu dados de 16 mercados, e também interessantes variações entre os países. Por exemplo, os holandeses ficam viciado nas séries cerca de um episódio mais cedo do que a maioria, independentemente do show. Enquanto isso, a Austrália e a Nova Zelândia levam dois episódios a mais do que os outros.

Ainda assim, isso mostra que há mais do que apenas uma introdução emocionante para a construção do interesse do telespectador em um show. Aqui está a lista completa da Netflix:

  • Arrow: Episode 8
  • Bates Motel: Episode 2
  • Better Call Saul: Episode 4
  • Bloodline: Episode 4
  • BoJack Horseman: Episode 5
  • Breaking Bad: Episode 2
  • Dexter: Episode 3
  • Gossip Girl: Episode 3
  • Grace & Frankie: Episode 4
  • House of Cards: Episode 3
  • How I Met Your Mother: Episode 8
  • Mad Men: Episode 6
  • Marco Polo: Episode 3
  • Marvel’s Daredevil: Episode 5
  • Once Upon a Time: Episode 6
  • Orange is the New Black: Episode 3
  • Pretty Little Liars: Episode 4
  • Scandal: Episode 2
  • Sense8: Episode 3
  • Sons of Anarchy: Episode 2
  • Suits: Episode 2
  • The Blacklist:Episode 6
  • The Killing: Episode 2
  • The Walking Dead: Episode 2
  • Unbreakable Kimmy Schmidt: Episode 4

Via TNW News