Share Button

O Google removeu duas extensões da Chrome Web Store devido a exibição de anúncios irregulares (adwares) no navegador. Add to Feedly e Tweet This Page são extensões que sem dúvida facilitavam a vida dos usuários, mas que recentemente exibiam pop-ups entre outros anúncios intrusivos em várias páginas.

A extensão Add to Feedly foi comprada de seu desenvolvedor para a exibição desses anúncios. Em post no blog do desenvolvedor Amit Agarwal, o mesmo disse que recebeu “uma oferta de quatro dígitos por algo que teria levado uma hora para ser criado”. Agarwal aceitou a oferta e silenciosamente atualizou a extensão para a exibição de banners que ele mesmo descreveu como “não regulares”.

Add to Feedly

Add to Feedly | Imagem: Reprodução/Sébastien Couture

A notícia sobre adwares em extensões da Chrome Web Store, foi publicada pelos blogs OMG Chrome e Ars Technica, que suspeitam que mais desenvolvedores tenham recebido ofertas para a venda de suas extensões em via de adicionar anúncios nas mesmas.

Logo após a publicação das notícias, o Google tomou medidas contra as extensões maliciosas, citando uma mudança de suas políticas em dezembro que busca banir extensões com mudanças complexas em sites. É de esperar que as mudanças ainda levem um tempo para serem totalmente aplicadas e que mais desenvolvedores aceitem propostas irregulares, mas está claro que o Google tem assumido uma postura mais rígida sobre o assunto. Enquanto isso, Amit Agarwal pediu desculpas aos usuários afetados pelos anúncios.

Via The Verge