Compartilhe!

Ficar falando besteira no meio de uma partida é uma parada bem comum. Apesar de a grande maioria dos comentários acabarem indo parar no campo machista, racista, homofóbico ou simplesmente de puro ódio, os games e suas comunidades têm pequenas soluções para quando isso acontece: penalidades, banimentos e qualquer tipo de consequência negativa esperam o jogador que passar dos limites.

Mesmo assim, a última coisa que você espera é que alguém vá parar na cadeia por um comentário estúpido na internet. Mas foi exatamente isso o que aconteceu com Justin Carter, de 19 anos, depois de uma partida em League of Legends. Ele está atrás das grades desde fevereiro deste ano esperando julgamento, inclusive.

Justin estava jogando o MOBA da Riot no começo do ano e, só de brincadeira, deu uma resposta torta para um outro jogador em uma discussão sobre o game no Facebook. De acordo com o pai do garoto, Justin disse, “Pode crer, eu tenho problemas mentais mesmo, vou atirar em uma escola cheia de crianças e comer o coração de todas elas enquanto ainda estão vivas”, seguido de “LOL” e “brinks”.

Depois de ver os comentários no Facebook, uma canadense anônima encontrou informações pessoais de Justin, incluindo um antigo endereço seu (que coincidentemente era perto de uma escola de ensino fundamental) e chamou a polícia. O jogador, que na época tinha 18 anos, foi então preso no último 14 de fevereiro, sob alegações de fazer ameaças terroristas. Ele espera o julgamento do seu caso no cárcere há três meses.

É óbvio que tragédias terríveis, como o tiroteio na escola de Newtown em 2012, não deveriam ser ridicularizadas como Justin fez – qualquer tipo de incitação a violência realmente deve ser investigada. Mas, de acordo com uma petição organizada pelos seus pais, a polícia não encontrou armas de qualquer espécie na casa do jogador, que tem uma audiência marcada em 1º de julho para rever o seu caso. Caso seja julgado como culpado, ele pode pegar até oito anos de prisão.

E você aí achando que as trolladas no Facebook não levam a nada. Muito cuidado com as discussões na internet pós-batalha-em-LoL, ok?

Via MSN Jogos