Share Button

Quando vou falar de “Inception”, mais conhecido no Brasil como “A Origem”, eu realmente não sei por onde começar. Em primeiro lugar, pode ser dizer que é a “obra de mestre” do Christopher Nolan; ainda que eu ame a trilogia do “Batman e The Prestige” (O Grande Truque), ainda considero “Inception” acima das outras pela sua originalidade. Creio que a partir de ideias advindas de outros filmes, como a prestigiada “Matrix”, ou até mesmos outros do diretor, como “Amnésia”, a película conseguiu criar uma ideia original acerca do mundo dos sonhos. Mundo este que nunca foi completamente entendido pelo ser humano, nem sequer depois de tanto avanço científico.

O filme fala sobre Cobb (Leonardo DiCaprio) que invade sonhos pra roubar informações confidenciais de suas vítimas, fazendo com que elas pensem que estão no próprio sonho, quando na verdade estão no sonho de um golpista, e em um cenário criado pra ele acreditar em tudo e dar o que os golpistas querem. Cobb é um foragido da polícia, já que pensam que ele matou a esposa, e por isso teve que deixar os seus dois filhos nos Estados Unidos, e pra isso terá que ajudar o Saito (Ken Watanabe), um empresário bilionário com contatos no mundo todo, a roubar uma informação e também plantar uma, entrando no sonho do Fisher (Cillian Murphy), que controla uma empresa concorrente.

Durante todo o filme não faltam cenas de ação, não desperdiçando tempo repetindo informações ou subestimando o público, indo direto ao ponto. O elenco está maravilhoso, com o Joseph Gordon-Levitt (Looper) como Arthur, Tom Hardy (The Dark Knight Rises) como Eames, Marion Cotillard (Contagion) como Mal, o esplêndido Michael Caine (Trilogia do Batman) como o Miles, a Ellen Page (Juno) como Adriadne, e muitos outros que apenas fortalecem o filme.

CA.0326.INCEPTION.

No mundo dos sonhos, “Inception” introduz diversos detalhes que dão força à sua mitologia. Começando com o ritmo acelerado desses sonhos cada vez que a camada seja mais abaixo, ou seja 5 minutos na vida “real” equivale a 1 hora de sonho, e assim por diante. Outro detalhe legal é que quando uma pessoa morre, ela acorda; me lembro das muitas vezes que sonhei que caia e logo após acordava, ponto pro Nolan!

Teorias são o que não faltam na internet, contei pelo menos 6 sobre o desenvolvimento do filme, mas não vou me aprofundar nelas porque esse não é um espaço para spoilers. Mas vou citar alguns motivos pelos quais qualquer fã de Sci-Fi deveria assistir esse filme:

O mundo dos sonhos: pra qualquer fã de mundos fantásticos, o mundo dos sonhos é no mínimo curioso. As peculiaridades já citadas acima, mais outras que se percebem ao longo do filme, só te deixam mais intrigados sobre o que é real e o que é um sonho.

A atuação: apesar de que todos os atores do filme atuaram de maneira incrível, não posso deixar de citar a Marion Cotillard, ou as cenas de ação dentro dos sonhos, que demostram a criatividade da mente humana.

A trilha sonora: digo e repito, Hans Zimmer é possivelmente um dos mais brilhantes compositores que temos na atualidade, e já provou isso em muitos filmes, como “O Rei Leão”, “Sherlock Holmes” e “Batman: The Dark Knight”. E nesse filme tivemos algumas trilhas como “Non”, “Je Ne Regrette Rien”, “Time e Dream is Collapsing” que provam a sua genialidade.

inception

Easter Eggs e mais easter eggs: se você gosta de buscar detalhes que te deixem entretido o filme inteiro, você vai ter muitos nesse filme. Desde referências pequenas a cultura pop, até mesmo o nome de personagens com significados, e só prestando atenção neles você poderá entender o final.

Efeitos visuais: felizmente, depois do bolo de dinheiro que o Nolan gerou pra Warner com “Batman:The Dark Knight”, a cia. concordou em liberar grana pra o filme, e os efeitos não decepcionam em nenhum momento.

A crítica: se os outros detalhes do filme ainda não te deram vontade de assisti-lo, acho que a boa aceitação pela crítica deve lhe fazer mudar de ideia. Ganhando 4 Óscar e 4 BAFTA, além de incontáveis indicações, é a segunda maior bilheteria do Nolan, e a quarta maior de 2010. Mas ainda assim, como todo filme, ele possui suas falhas.

E por último aqui vai um trailer:

Para os que já assistiram, o que acharam do filme? Deixem nos comentários!