Share Button

Após meses de rumores e especulação, a Microsoft anunciou que realizará um evento para revelar oficialmente o sucessor do Xbox 360, conhecido atualmente pelo seu codinome Durango, ou Xbox 720. O evento acontecerá no próximo dia 21 de maio, transmitido ao vivo da sede da empresa em Washington, nos Estados Unidos, às 15h, horário de Brasília.

Em declaração oficial, a Microsoft afirma que o evento “marcará o começo de uma nova geração de jogos, TV e entretenimento. Neste dia, vamos compartilhar nossa visão para o Xbox e dar um gosto real do futuro. Então, 19 dias depois, na Electronic Entertainment Expo (E3), em Los Angeles, vamos continuar a conversa e mostrar a lista completa de jogos arrasa-quarteirão”.

Esta informação vai ao encontro de informações recentes de diversos sites e de funcionários da própria Microsoft. O evento será transmitido através da Xbox.com e da Xbox Live e deve seguir os moldes da revelação do PlayStation 4, em fevereiro. Aguarde muitos jogos, recursos do controle, novas funções para o Kinect, conectividade e, provavelmente, o visual do console em si.

Os jogos usados têm sido motivo constante de reclamação das desenvolvedoras. Elas alegam que o dinheiro obtido em uma venda de segunda mão não é revertido para a companhia que criou o produto. Para combater este mercado foi desenvolvido o “Online Pass”, que bloqueia o modo online de alguns games usados.

Outra novidade do provável console está relacionada com a mídia. Ao que parece, a Microsoft finalmente introduzirá o Blu-ray em seus videogames. A mídia seria utilizada para filmes e jogos, permitindo games ainda maiores (com capacidades que variam entre 25 e 50GB).

A Microsoft também teria planos para “evoluir” seu Kinect na próxima geração. O acessório já viria embutido no novo Xbox e também contaria com um processador embutido, permitindo uma captura e processamento de movimentos dos jogadores ainda mais apurada.

Em notícia relacionada, o blog Fuzil publicou também seus próprios rumores a respeito do Xbox 720. Segundo a publicação, o aparelho já estaria em produção desde dezembro, e o seu processador gráfico já estaria até definido e com um codinome: Oban.

A tarefa de produzir a GPU ficaria a cargo da IMB e Global Foundries. As primeiras unidades desta leva de produção teriam sido enviadas aos estúdios de jogos já em abril, para que todos tenham tempo de desenvolver algo para ser mostrado ao público no evento.

Via TechTudo