Compartilhe!

Já faz algum tempo que ouvimos falar sobre a intenção da Valve de criar seu próprio console. Os rumores esquentaram ainda mais quando a empresa anunciou o modo Big Picture, que pretendia trazer o PC para a sala, mas para a alegria dos entusiastas, eles não pararam por aí.

Antes mesmo da Valve pensar em entrar no mercado dos consoles, a empresa já estava planejando lançar uma versão da Steam para o sistema de código livre, Linux. Esse plano saiu do papel e hoje já é possível usar a Steam no Linux e desfrutar de alguns jogos disponíveis para a plataforma, ainda que esses jogos sejam em número menor do que os disponíveis para Mac e PC.

Os motivos para a Valve visar a plataforma do pinguim não são poucos. Como todos sabem, o Windows 8 possui uma ligação direta com a loja de games da Microsoft, a Xbox Live. Isso assustou um pouco a Valve quando o recurso foi liberado, afinal a concorrência ficaria mais forte. Mergulhar no universo do pinguim talvez fosse uma das soluções e também abriria muitas portas para a empresa. Basta pensarmos no crescimento no número de títulos disponíveis para Linux que ocorreria após a chegada da Steam na plataforma, e isso ainda está acontecendo. Além de mais um reforço para a distribuição Ubuntu concorrer com os outros sistemas.

Sem dúvida a Steam no Linux é um grande passo para a Valve. E como Gabe Newell, responsável pela Valve, não se importa nem um pouco com o Windows 8, aparentemente o console da Valve será baseado em Linux ao invés do Windows no interesse de oferecer uma plataforma aberta para desenvolvedores.

Um usuário do fórum NeoGAF postou um link e a tradução de um site alemão chamado Golem.de, onde um empregado da Valve, Ben Krasnow, falou de um conferência sobre o console da Valve em dezembro. Krasnow confirmou que o console será baseado em Linux e que a Valve também está trabalhando em um projeto de realidade aumentada e realidade virtual. Nada está muito claro ainda, já que tudo é feito aos segredos.

No entanto, de acordo com ele, a Valve não está só trabalhando em um console próprio, a Steam Box: “O Laboratório de Hardware também tem alguns projetos secretos que serão publicados em 2013. Temos um bom grupo de engenheiros eletrônicos e mecânicos, e nós olhamos frente a algumas coisas muito legais. Já no verão de 2012, a Valve criticou a frustrante falta de inovação na área de hardware de computador – em um anúncio de emprego no qual diziam também:  “…nós queremos mudar.”

Agora basta esperar outros rumores e o anúncio oficial da Steam Box, que pode ocorrer na Game Developers Conference (GDC) 2013, que acontecerá em San Francisco em 29 de março ou até mesmo na E3 desse ano, que será realizada de 11 a 13 de julho.

Será que um console próprio da Valve pode abalar um pouco a estrutura das concorrentes?

Via Linux News Here

  • Com certeza uma excelente notícia para gamers, e para mim. Sempre fui a favor do código aberto e agora um sistema baseado em linux, favorecerá a ampla concorrencia contra a microsoft. Uma boa noticia com certeza.